menu

Notícias

Cooperativas Educacionais e Sistema OCB/AL apoiam criação de Cooperativas Escolares

Em Alagoas estudantes se uniram e já formaram três cooperativas escolares na capital, região metropolitana de Maceió e sertão

Publicado em 02/08/2019

Representantes das cooperativas educacionais Coopex, Coopema e Coopemcs se reuniram nesta semana, na sede do Sistema OCB Alagoas, para falar sobre o crescimento das cooperativas escolares no Estado.

 O objetivo das cooperativas escolares é oferecer uma formação que contribua para o desenvolvimento de futuros líderes, gestores, empreendedores e cidadãos com senso de responsabilidade e participação por meio da vivência de um modelo cooperativo sustentável.

Essas associações de estudantes podem desenvolver atividades econômicas, sociais e culturais em benefício dos associados. Elas buscam formular uma proposta pedagógica com a participação do corpo discente em atividades práticas.

Cooperativas escolares em Alagoas

Em Alagoas há três cooperativas escolares: Cooperativa Escolar de Xingó (Cooex), Cooperativa Escolar Inovar (Coopinovar) e Cooperativa dos Estudantes Lucanos de Maceió (Coopelma). Todas elas foram fundadas em 2019.

Na Cooex são 30 estudantes cooperados. A cooperativa funciona na escola Convivendo, em Piranhas. O objeto de estudo é o ramo alimentício. Os alunos desenvolvem produtos para a comercialização de lanches em ambiente escolar. A cooperativa quer expandir a atuação para manipular e desenvolver produtos utilizando como matéria-prima insumos do sertão alagoano para produção de compotas e polpas de frutas. A Cooex também realiza trabalhos sociais como distribuição de sopas, arrecadação e doação de roupas para comunidade carente.

Já a Cooperativa Escolar Inovar, que fica no colégio Inovar, em Atalaia, tem 35 alunos participantes e trabalha com três objetos de estudo: Brinquecoop, Cooperarte e Naturale. A Brinquecoop tem o objetivo de criar oficinas de produção de brinquedos e um espaço para alfabetização de crianças. A Cooperarte consiste em um site em que vários artesãos do Brasil poderão vender seus produtos. A intenção é trazer mais visibilidade e gerar renda. E a Naturale é voltada para produtos naturais e capacitação técnica

A Coopelma foi criada há cerca de um mês e é formada por 30 alunos do colégio São Lucas, em Maceió. O Objetivo é trabalhar o cooperativismo, empreendedorismo, educação ambiental e aulas práticas de ciências. Os objetos de estudo ainda devem ser definidos.

O Sistema OCB Alagoas acompanha essas cooperativas e faz um trabalho de orientação oferecendo cursos, palestras, missões e formações para estimular os estudantes. É um suporte necessário para que as cooperativas escolares conquistem objetivos e metas.

“É uma transformação social e econômica na vida dos estudantes que vai além das abordagens pedagógicas tradicionais. Os participantes só têm a ganhar com a promoção da convivência, respeito mútuo, solidariedade, justiça social, igualdade, autonomia e cooperação”, ressalta o presidente do Sistema OCB Alagoas, Marcos Rocha.

Ascom OCB Alagoas

 

 

 

 

keyboard_arrow_up